16° Festival Italiano de Nova Veneza: Confira as principais rotas de acesso para a cidade de Nova Veneza

Brasília, quinta-feira, 4 agosto, 2022

Foto: A cidade de Nova Veneza já está preparada para receber os visitantes. Crédito: Divulgação.


Atualizado em: 4 agosto, 2022

Visitantes partindo de Goiânia, Anápolis e Inhumas têm opções de acesso para chegar a Nova Veneza e aproveitar o Festival Italiano, que neste ano chega a sua 16ª edição

Os acessos a Nova Veneza, que vai sediar a 16ª edição do Festival Italiano nos dias 4 a 7 de agosto, estão em boas condições para receber os visitantes. O evento é realizado pela Prefeitura, com patrocínio da Enel Distribuição Goiás, por meio da Lei de Incentivo à Cultura/Goyazes. Tem também apoio da Câmara Municipal da cidade, Governo de Goiás, Secretaria de Estado da Cultura, tendo como correalizador o Sesc-GO.

Ao todo, 100 mil pessoas são esperadas na festa gastronômica nos quatro dias de evento. Consequentemente, as estradas que ligam a Nova Veneza podem ficar lotadas, principalmente no fim de semana, por isso é importante se programar para curtir toda a culinária e cultura italiana.

Valdemar Costa, prefeito de Nova Veneza, explica que o melhor caminho para os goianienses é sair da GO-080. “Para quem sair de Goiânia, a opção que eu indico é sair de Nerópolis, onde há menos congestionamento.” Nesta rota, o visitante vai precisar acessar a GO-222 depois de Nerópolis para chegar a Nova Veneza.

Além dos 47 km de Goiânia a Nova Veneza pelas GOs 080 e 222, há outras vias de acesso para chegar a cidade mais italiana de Goiás. Seguem mais opções:

1 – De Goiânia, outra opção é ir pela GO-462, que sai pela Avenida Eurico Viana, no setor Parque das Nações, passa pelo Campus Samambaia da Universidade Federal de Goiás, chega a cidade de Santo Antônio e chega direto à cidade. O trajeto é de 39 km.
2 – Outra alternativa saindo da capital é seguir pela GO-070, rodovia que pode ser acessada pela Avenida Anhanguera e chegar até Inhumas em via duplicada. De lá, o trajeto para Nova Veneza se dá também pela GO-222. Este é o maior percurso: 73,3 km.
3 – Já os anapolinos devem percorrer os 44 quilômetros de distância entre Nova Veneza e Anápolis pela GO-222 é seguir até Nerópolis, passando por dentro da cidade para acessar novamente a rodovia GO-222 até Nova Veneza.

A cidade de Nova Veneza está na contagem regressiva para o evento. Valdemar Costa ressalta que está tudo preparado para receber os visitantes. “A cidade está muito feliz em realizar mais uma edição da festa. O festival é familiar, nunca tivemos nenhuma ocorrência policial. É uma festa inteiramente dedicada à família”, detalha o prefeito.

Sobre o 16º Festival Italiano de Nova Veneza

Agendada para 4 a 7 de agosto, o tema do 16ª edição do Festival Italiano de Nova Veneza é “Uma boa massa, bom vinho e, claro, uma boa companhia” porque, de acordo com o prefeito Valdemar Batista Costa, a intenção é estimular a confraternização entre as pessoas, que ficaram tanto tempo afastadas. “Nosso festival é um ambiente alegre, familiar e de mesa farta, ingredientes que temperam os reencontros entre as famílias”, disse.

A programação de 2022 trará não somente gastronomia, mas muitas atrações artísticas para retratar a cultura italiana e um pouco também de sua mistura com a cultura goiana. Para mais informações sobre a programação de cada dia, acesse: www.festivalitalianonovavenezago.com.

A 16ª edição do Festival Italiano de Nova Veneza conta também com o apoio das empresas parceiras: Constru+ Incorporadora, São Salvador Alimentos, Super Frango, Boua, Bonare, Galo, Renata, Di-Cheff, Fecomércio-GO, Lucas Gás, Interseg Turbo, Quinta do Morgado vinhos e sucos, Cordelier vinhos e espumantes, Ríboli Representações e Sicoob Credicapa.

Sobre Nova Veneza, em Goiás

Um pedacinho da Itália, na região Centro-Oeste do Brasil. Assim é Nova Veneza, com fortes costumes e cultura italiana. A pequena cidade, com pouco mais de nove mil habitantes, é a maior representação da imigração italiana da região central do País e esconde uma rica história cultural. Cerca de 60% de seus moradores são descendentes de italianos, que migraram para a região há mais de 100 anos. O número expressivo dos estrangeiros fez com que a localidade fosse chamada de “Colônia dos Italianos” até 1958, quando passou a ser batizada de Nova Veneza.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!