56,8 mil vacinados contra gripe na primeira semana de ampliação da campanha

Brasília, sábado, 2 julho, 2022

A vacinação contra a gripe contribui para a prevenção de possíveis novos surtos de doenças respiratórias | Foto: Érika Bragança / Agência Saúde

Com: informações da Secretaria de Saúde
Fonte: Agência Brasília

Atualizado em: 2 julho, 2022

Quem ainda não se vacinou deve procurar uma das 111 Unidades Básicas de Saúde das 9h às 17h

Desde o dia 25 de junho, a vacinação contra a influenza foi ampliada para todas as pessoas a partir de seis meses de idade. E, na primeira semana de ampliação da campanha, já foram administradas 56.810 doses de vacina no Distrito Federal.

“A vacinação contra a influenza tem como principal objetivo reduzir a carga da doença, evitar hospitalizações, mortes e consultas ambulatoriais em serviços de emergência. Com isso, diminuímos a sobrecarga no sistema de saúde”, explica Fernanda Ledes, enfermeira da Área Técnica de Imunização da Secretaria de Saúde.

517.779
Número de doses da vacina contra a influenza aplicadas de 4 de abril a 1º de julho no DF

A enfermeira reitera que a vacinação contra a gripe contribui com a prevenção de possíveis novos surtos de doenças respiratórias pelo vírus da influenza. “Além isso, reduz as ausências no ambiente de trabalho, o que possibilita a manutenção do funcionamento de serviços essenciais”, completa.

Números da vacinação

Os dados de 4 de abril a 1º de julho apontam que 517.779 doses foram administradas no Distrito Federal. O grupo de idosos apresenta a cobertura mais elevada (63%), seguido dos grupos de professores (55,7%) e trabalhadores de saúde (48,5%). As puérperas têm cobertura vacinal de 38,7%, seguidas de crianças (36,1%) e, por último, com o menor índice, as gestantes, com apenas 31%.

As coberturas vacinais encontram-se ainda muito abaixo da meta no Distrito Federal. Os grupos de idosos e trabalhadores de saúde, apesar de terem iniciado a vacinação na primeira fase da campanha, ainda não alcançaram 70% de cobertura vacinal. O público-alvo, portanto, representa 1.086.547 pessoas no Distrito Federal. A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis.

A orientação é que as pessoas que pertencem aos grupos elegíveis para vacinação, especialmente os idosos, as crianças entre seis meses e 5 anos de idade, as gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) e as pessoas com condições clínicas especiais, que ainda não receberam a dose da vacina neste ano, procurem um ponto de vacinação.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!