Campanha alerta para riscos do descarte inadequado de entulhos e lixo verde

Brasília, quarta-feira, 8 junho, 2022

Campanha alerta para riscos do descarte inadequado de entulhos e lixo verde

Descarte inadequado de entulhos e lixo verde pode gerar problemas e comprometer a saúde dos moradores.. Foto: Divulgação / SLU.

Fonte: ASCOM RAXVI

Atualizado em: 8 junho, 2022

Entulhos, restos de construção civil, galhos, troncos e árvores provenientes de podas, quando descartados de forma inadequada, podem causar entupimentos de bueiros e bocas de lobo, obstruir canais e valas de escoamento de água, além de exigir esforço redobrado dos serviços de limpeza pública. E o acúmulo destes resíduos em locais públicos representam risco até para a saúde, pois são possíveis focos do mosquito da dengue e outros insetos e roedores.

Somente no ano passado, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) retirou uma média mensal de aproximadamente 51 mil toneladas de entulhos das ruas do Distrito Federal. Por diversas vezes, a Administração Regional do Lago Sul recorreu ao SLU para conseguir remover entulhos e lixo verde das vias públicas.

A remoção de entulhos das vias públicas envolve um custo anual de mais de R$ 28 milhões, recurso que poderia ser investido em outras ações de interesse público se a população depositasse esses materiais nos locais corretos. No Lago Sul, a Administração procura conscientizar os moradores para os riscos do descarte inadequado, lembrando sempre que a responsabilidade do recolhimento de lixo verde em residências ou terrenos particulares é de seus proprietários. O desrespeito a esta norma pode gerar multas.

A Agência Reguladora de Água, Energia e Saneamento do DF – Adasa lançou hoje uma campanha sobre o descarte de resíduos provenientes de pequenas obras. A ideia é promover os pontos de coleta voluntária de resíduos de construção, mais conhecidos como papa-entulhos. Além de poluir as ruas e causar impactos negativos ao meio ambiente, o descarte incorreto contribui para a proliferação de doenças.

Como reguladora dos serviços de limpeza urbana, a Adasa edita as normas para garantir a qualidade da prestação desses serviços realizados pelo SLU, que tem feito um grande esforço para manter a cidade limpa, tendo em vista a quantidade de resíduos de obra e entulhos jogados em vias e áreas públicas.

A campanha e o programa foram realizados em parceria com o SLU e apoiados pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema), Sinduscon e Sistema Fibra.

A Adasa também disponibiliza o Painel de Informações de Resíduos Sólidos. A ferramenta, que está no site institucional da agência, apresenta de forma objetiva e acessível dados relacionados à gestão de resíduos sólidos urbanos no DF.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!