Construção civil gerou cerca de 26,4 mil empregos formais

Brasília, sexta-feira, 20 agosto, 2021

Construção civil gerou cerca de 26,4 mil empregos formais

Crédito: Divulgação.


Atualizado em: 20 agosto, 2021

Na contramão da crise empresas têm expandido na pandemia

De acordo com novos dados do Sebrae, as médias e grandes empresas (MGE) geraram 663.993 novas admissões no território nacional. Ainda, segundo a pesquisa, há aumento das vagas também na construção civil, que gerou aproximadamente 26,4 mil empregos formais somente em julho.

Em Goiânia, com o avanço da vacinação, empresas têm dobrado o quadro de funcionários. O empresário Marlus Franco, da AMG Engenharia, conta que os negócios tiveram um crescimento expressivo de 2019 até o momento. “Neste semestre de 2021, contamos com aproximadamente 100 colaboradores e estamos sempre contratando. As vagas vão desde auxiliar de produção de obra até engenheiro”, explica

O empresário afirma, ainda, que a empresa segue em expansão. Hoje, conta com 12 engenheiros e tem a expectativa de dobrar o quadro de funcionários até o final deste ano.“Para o início do próximo mês, vamos necessitar de uma quantidade maior de pessoas. Estamos com vagas abertas para engenheiro e arquiteto”, afirma.

Uma das vagas foi preenchida pelo engenheiro civil Josué Jorge Galdino de 24 anos. “Oportunidades que antes eram raras tornaram-se mais comuns e na área da construção civil que é muito competitiva, ainda mais em tempos de crise, as oportunidades estão aparecendo”, conta o contratado pela construtora.

Para ele, essa oportunidade é muito importante nesse momento de crise “Sinto orgulho de atuar na minha área de formação e é uma grata motivação enfrentar desafios novos a cada dia”, ressalta o engenheiro.

Outros segmentos

Ainda de acordo com os dados do Sebrae, pequenos negócios correspondem a aproximadamente 72% das vagas geradas no Brasil.

A empresária Nilem Doris, da Smart Collab Mani, localizada na região de Samambaia, em Brasília, explica que a oportunidade veio com a expansão do espaço, que, agora, contempla um café. “Para gerenciar nossas opções de café, abrimos uma oportunidade de barista. Ficamos muito felizes de podermos gerar empregos, pois sabemos do momento difícil gerado pela crise sanitária”, diz Nilem.

Outro empresário que também montou a equipe foi Rogério Lopes, do Hospital Amparo, localizado na capital federal. O veterinário contratou em várias áreas, inclusive mão de obra especializadas.“Abrimos nosso hospital veterinário com uma equipe totalmente nova, entre veterinários especializados, além da nossa equipe de atendimento”, explica Lopes.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!