Experiência nas alturas estimula memórias afetivas

Brasília, quinta-feira, 14 outubro, 2021

Experiência nas alturas estimula memórias afetivas

Restaurada, a carcaça de uma aeronave da Pan Am abriga um espaço de entretenimento e aprendizado disponível para crianças de escolas públicas e comunidades carentes | Foto: Divulgação

Com: informações do Gabinete da Governadoria
Fonte: AGÊNCIA BRASÍLIA

Atualizado em: 14 outubro, 2021

Crianças em situação de vulnerabilidade social participam de uma tarde especial pelo projeto Pan Am Brasil

Apertem os cintos e se preparem para uma experiência inesquecível! Foi assim que começou a aventura nos projetos Pan Am Brasil, para 70 crianças da Creche Artes e Sonhos, da Cidade Estrutural, e Contraturno Recriando, do Gama. Realizada na tarde de quarta-feira (13), no pátio da Igreja Batista Central de Brasília a ação contou com lanchinhos, brincadeiras e distribuição de brinquedos para comemorar a semana do Dia das Crianças.

“Todo carinho de agora reverbera na fase adulta, tornando as crianças cidadãos melhores”
Mayara Noronha Rocha, primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social

Com o objetivo de gerar memórias afetivas por meio de atividades lúdicas, a iniciativa foi coordenada pela primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha, em parceria com a Igreja Batista Central de Brasília. “Brincar é coisa séria!”, destacou Mayara, lembrando que, quando a criança brinca, desenvolve a criatividade e estimula a concentração, a memória e a coordenação motora. “Desejo que cada criança brinque e sorria intensamente e se sinta muito amada. Todo carinho de agora reverbera na fase adulta, tornando as crianças cidadãos melhores”.

O projeto Pan Am Brasil foi idealizado pelo pastor Ricardo Espindola, que recebeu a carcaça de um avião e o transformou em um espaço de experiência gastronômica, histórica e tecnológica para os visitantes, simulando os serviços de um voo de aeronave. O projeto atenderá escolas públicas e comunidades carentes do Distrito Federal, contemplando também idosos.

“Preparamos o nosso avião com muito carinho para receber essas crianças e realizamos dois voos temáticos com lanchinho e desenho animado no sistema de entretenimento”, explicou Ricardo. “Dar asas aos futuros sonhadores é uma honra para o projeto.”

A ação contou ainda com a parceria da Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) e da Polícia Militar do DF, que foram responsáveis pelo transporte das crianças e dos monitores. “Gerar memórias afetivas e inspiração é dar a essas crianças a possibilidade de sonhar e construir o seu futuro”, pontuou Mayara Noronha Rocha.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!