Faixa de pedestre ganha iluminação para continuar salvando vidas no DF

Brasília, terça-feira, 24 maio, 2022

Faixa de pedestre ganha iluminação para continuar salvando vidas no DF

Faixa de pedestre: símbolo do Distrito Federal e exemplo de respeito ao pedestre. Foto: Divulgação / Detran-DF

Fonte: ASCOM RAXVI

Atualizado em: 24 maio, 2022

A faixa exclusiva para pedestre em vias públicas tornou-se símbolo de respeito às pessoas no Distrito Federal, existindo há cerca de 25 anos. Ao aproximar-se de uma faixa, as pessoas fazem o sinal de vida, esperam a parada dos carros e, finalmente, atravessam de um lado a outro da pista. Um comportamento que virou tradição entre pedestres e motoristas de Brasília. A atitude civilizatória projetou o Distrito Federal como exemplo nacional e até mundial.

Mas não surgiu do nada. Em 1996, um grande movimento, envolvendo autoridades e boa parte da  população, pedia Paz no Trânsito, em decorrência de 266 pessoas mortas naquele ano por acidentes em vias públicas. No dia 1º de abril de 1997, passou a vigorar esta norma, que salvou e salva pedestres, representando, a partir daquele ano, uma queda vertiginosa no número de acidentes de trânsito. As campanhas de conscientização conseguiram mudar o comportamento e construir uma cultura de respeito à travessia em ruas e avenidas.

A ideia, que virou norma e reconhecimento nacional e mundial, veio do coronel da Polícia Militar Renato Fernandes de Azevedo, que faleceu em 2012, deixando este legado histórico para a população do Distrito Federal.

Para preservar esta história de conquista, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) lançou, hoje, na estação de metrô da Ceilândia Sul (QNN 16), o programa Luz na Faixa, que prevê, no prazo de quatro anos, iluminar todas as 4.200 faixas de pedestre em vias urbanas do Distrito Federal, numa parceria entre Detran-DF e CEB Holding.

O custo de implantação é de R$ 6,6 milhões e tem prazo de execução de nove meses, com possibilidade de antecipação. O programa vai começar iluminando 759 faixas do Plano Piloto (425) e Ceilândia (334), escolhidas por serem as regiões administrativas que possuem o maior número de faixas de pedestres entre todas do DF.

A implantação da iluminação vai garantir maior visibilidade para os pedestres, mesmo nas calçadas e áreas próximas à faixa, fazendo com que a percepção do condutor seja imediata. Isso vai trazer mais segurança, tanto para o pedestre como para o motorista.

O programa consiste na instalação de um poste de iluminação com 5 m de altura, contendo uma luminária em LED de 120W, para as vias com até duas faixas de rolamento. Nas vias com mais de duas faixas de rolamento, serão instalados dois postes de 5 m, sendo um em cada lado da via. Mais uma vez, o Governo do Distrito Federal sai na frente em medidas de proteção e educação no trânsito, protegendo vidas e mostrando que conscientização é a melhor forma de reduzir acidentes.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!