Formada 23ª turma de oficiais da Polícia Militar do DF

Brasília, sexta-feira, 26 novembro, 2021

Formada 23ª turma de oficiais da Polícia Militar do DF

Créditos: Divulgação.

Fonte: Agência Brasília
Por: Lucíola Barbosa Edição: Chico Neto
Atualizado em: 15 dezembro, 2021

Com 109 formandos, grupamento recebeu o nome 13 de Maio, em alusão à data do aniversário da corporação bicentenária

A entrega da espada aos 109 formandos da 23ª turma do Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi realizada, nesta quinta-feira (25), durante cerimônia militar no pátio da Academia de Polícia Militar de Brasília (APMB), no Setor Policial Sul. Na abertura, o evento contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, recebido com honras militares pelo comandante-geral da PMDF, coronel Márcio Cavalcante Vasconcelos.

Representando o governador Ibaneis Rocha, o vice-governador Paco Britto também prestigiou o evento. Em seu discurso, ele lembrou a importância do nome escolhido pela turma – 13 de Maio: “Os senhores carregam em seu nome uma justa homenagem ao aniversário dessa bicentenária corporação que diuturnamente cuida da nossa cidade, de nós e de nossas famílias”.

Cadetes concluíram os três anos do curso de formação da PMDF | Foto: Jaqueline Husni/Agência Brasília

Presente à cerimônia, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, ressaltou que os formandos entraram para “uma das melhores polícias do Brasil”. O comandante Vasconcelos aproveitou para elogiar a Secretaria de Segurança Pública (SSP), citando a significativa queda dos índices criminais no Distrito Federal. “Novembro é o melhor mês nos últimos 40 anos”, declarou, dirigindo-se ao titular da SSP, Júlio Danilo.

Na leitura da ordem do dia, o comandante da APMB, tenente-coronel Márcio Barbosa da Silva, fez menção aos desafios vencidos pela turma no transcurso dos três anos de formação – como a pandemia. Ele informou que, dos 156 cidadãos que iniciaram o curso, 109 cadetes chegaram à formatura.

Premiados

As autoridades presentes participaram da premiação aos três primeiros colocados na turma de formandos. O primeiro, José Paulo Lira Silva Santos, recebeu de Paco Britto a medalha Mérito Intelectual Duque de Caxias. Já os demais aspirantes a oficial receberam as espadas dos padrinhos, madrinhas e familiares, que assistiram à cerimônia em arquibancadas especialmente montadas para o evento.

Os destaques da cerimônia foram a restituição do espadim Tiradentes – símbolo máximo dos alunos oficiais, representando honra e dignidade –, a declaração de aspirantado dos cadetes e a entrega da espada, símbolo do oficialato. Tendo como fundo musical a Canção do Expedicionário, executada pela Banda de Música da PMDF, os cadetes entraram no pátio ostentando pela última vez o espadim Tiradentes. A letra da música homenageia os militares da Força Expedicionária Brasileira (FEB) que integraram o contingente enviado aos campos de batalha da Itália na Segunda Guerra Mundial.

Os formandos firmaram o compromisso em torno da rosácea – símbolo das polícias militares, em todo o Brasil, desde a década de 1950. Nesse momento, os aspirantes a oficial já ostentavam as insígnias em seus ombros, prontos para receber a espada, ao som de A Canção do Policial Militar do DF.

Outros destaques da solenidade foram a apresentação da tropa formada ao comandante-geral, a entrada da Guarda da Bandeira e do Pavilhão Nacional e a exibição do vídeo dos cadetes da 23ª turma. O último “fora de forma” com o brado da turma ocorreu sob uma chuva colorida de fogos de artifício.

Galeria de Fotos

Formada 23ª turma de oficiais da Polícia Militar do DF

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!