Galeria dos Estados será um painel de arte em julho

Brasília, terça-feira, 15 junho, 2021

Galeria dos Estados será um painel de arte em julho

O 4º Encontro de Graffiti faz parte da série de iniciativas da pasta para fomentar a cultura nos espaços públicos do Distrito Federal, além de proporcionar o intercâmbio artístico-cultural e incentivar o empreendedorismo no movimento | Foto: arquivo Lúcio Bernardo Jr. / Agência Brasília


Atualizado em: 15 junho, 2021

Cada grafiteiro terá dois dias para executar a intervenção artística de tema livre em uma área de 10 a 20 m²

A Galeria dos Estados está com data marcada para receber todas as cores e expressões artísticas da arte urbana. Selecionados durante o 4º Encontro de Graffiti 2020, os 100 artistas do Distrito Federal e Entorno farão a intervenção entre 8 e 11 de julho. A ação, que vai investir R$ 150 mil, é parte do projeto de revitalização de um dos principais pontos do Setor Comercial Sul de Brasília.

Normas de proteção

Os artistas selecionados cumprirão as normas recomendadas pelas autoridades de Saúde quanto a prevenção da covid-19, com suporte de higiene, equipamentos de proteção individual e de segurança. Todos atuarão em modo de revezamento para garantir o distanciamento social.

Assim, cada grafiteiro terá dois dias para executar a intervenção artística de tema livre em uma área de 10 a 20 m² da Galeria dos Estados e receberá um cachê no valor de R$ 1.500.

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa criou o Comitê Permanente do Grafite (CPG), pioneiro no processo de valorização da arte urbana no Brasil
À frente da iniciativa, a subsecretária de Economia Criativa, Érica Lewis, aponta que o Encontro de Graffiti democratiza o acesso à cultura e contribui para a valorização do trabalho dos grafiteiros e da cultura hip hop presente no DF. “O edital é uma grande oportunidade de impulsionar o interesse pelo espaço urbano e dar visibilidade à arte”.

Érica Lewis define o edital como uma iniciativa de estímulo ao desenvolvimento econômico e social a partir da economia criativa. Ela lembra, ainda, que metrópoles passaram por esse processo e conseguiram resgatar a identidade local, tornando-se polos turísticos. “São os casos de Miami e Nova York que recuperaram bairros inteiros com a arte urbana”.

Grafite valorizado

Elaborado e gestado pela Subsecretaria de Economia Criativa (Suec), o 4º Encontro de Graffiti faz parte da série de iniciativas da pasta para fomentar a cultura nos espaços públicos do Distrito Federal, além de proporcionar o intercâmbio artístico-cultural e incentivar o empreendedorismo no movimento.

O evento também contribui para o fortalecimento da Política de Valorização do Grafite no Distrito Federal e Entorno e tem parceria com o Comitê Permanente do Grafite (CPG).

Com a Política de Valorização do Grafite (Decreto nº 23.174/2018), a Secretaria de Cultura e Economia Criativa criou o Comitê Permanente do Grafite (CPG), pioneiro no processo de valorização da arte urbana no Brasil. O colegiado tem a missão de discutir e executar melhorias para os profissionais, aprofundar e pesquisar as vertentes da arte urbana, além de implementar a cultura do grafite no contexto social do DF.


4º Encontro de Graffiti
Quando: 8 a 11 de julho de 2021
e-mail: cgdfp@cultura.df.gov.br
Acompanhe também as publicações no Instagram do Comitê Permanente do Grafite: @comitedografitedf

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!