Inaugurado hoje no Lago Sul Centro para atender turistas

Brasília, sexta-feira, 11 junho, 2021

Inaugurado hoje no Lago Sul Centro para atender turistas

Inauguração contou com as presenças da secretária de Turismo, Vanessa Mendonça e do administrador regional do Lago Sul, Rubens Santoro, além de convidados e servidores das duas pastas.

Fonte: ASCOM RAXVI

Atualizado em: 11 junho, 2021

O Lago Sul terá um Centro de Atendimento ao Turista, para promover o turismo na região e fornecer informações sobre pontos turísticos, história de Brasília e do Lago Sul, gastronomia, artesanato, turismo de aventura e religioso, enfim, fomentar uma das atividades econômicas que mais cria empregos e renda.

A inauguração do Centro faz parte do programa Turismo em Ação, coordenado pela Secretaria de Turismo do Distrito Federal – SETUR-DF, que realiza a sua sétima edição hoje, no Lago Sul, com a presença da secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, o administrador regional do lago Sul, Rubens Santoro, convidados, profissionais e servidores dos dois órgãos do GDF.

O Centro de Atendimento ao Turista, que funcionará na própria sede da Administração Regional do Lago Sul, das 9 às 18 h, de segunda a sexta, conta com profissionais treinados, responsáveis por fornecer informações sobre os pontos turísticos da cidade, produtos e serviços.

A secretária Vanessa Mendonça, no ato de inauguração, fez uma apresentação dos programas voltados aos empreendedores do segmento do turismo. Falou sobre os programas de fomento, qualificação de profissionais e promoção, além de colocar a Secretaria à disposição para maiores informações e parcerias.

O Lago Sul se notabiliza pela variedade de pontos turísticos como: o Parque Asa Delta, Parque das Copaíbas, Monumento Natural Dom Bosco, Orla Sul do Lago Paranoá, entre tantos outros, além de se constituir como um capítulo a parte da história de construção de Brasília.

Após o evento, a comitiva realizou visitas técnicas em alguns desses pontos turísticos: Parque Asa Delta, Seminário Maior Arquidiocesano de Brasília Nossa Senhora de Fátima, Parque das Copaíbas, Seminário Redemptoris Mater e Mosteiro de São Bento. Durante estas visitas, serão avaliadas também as condições de infraestrutura para receber os turistas e visitantes, como segurança, acessibilidade, estrutura física e logística, entre outros itens. Tudo isso para assegurar o conforto dos visitantes nesses locais que fazem parte integrante da cultura e da tradição de Brasília e Distrito.

“Falar de turismo no Distrito Federal é falar do Lago Sul, com sua beleza natural, suas áreas de conservação ambiental, seus parques ecológicos, jardins e canteiros, a integração da administração pública com as associações de moradores por quadras, que ajudam na manutenção deste rico patrimônio natural e histórico. O CAT é um relevante passo em direção ao fomento a uma atividade essencial para o Distrito Federal e, em particular, para o Lago Sul. O dia de hoje é de agradecimento, ao nosso governador Ibaneis Rocha, a secretaria de Turismo, Vanessa Mendonça, e a todos os servidores e profissionais da área, que ajudam a transformar sonhos em realidade”, afirmou o administrador regional Rubens Santoro.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!