Instituto Brasília Ambiental: 14 anos preservando o meio ambiente no DF

Brasília, sábado, 29 maio, 2021

Instituto Brasília Ambiental: 14 anos preservando o meio ambiente no DF

A gestão dos parques ecológicos e a recuperação da orla do Lago Paranoá são apenas alguns exemplos da dedicação e compromisso do Instituto Brasília Ambiental com o meio ambiente no Distrito Federal.

Fonte: ASCOM RAXVI

Atualizado em: 29 maio, 2021

Parques ecológicos e unidades de conservação bem cuidados, recuperação da orla do Lago Paranoá, medidas preventivas contra incêndios florestais e desmatamentos irregulares, monitoramento constante das áreas verdes, proposições de leis ambientais, conservação dos recursos hídricos e preservação da fauna e flora do rico cerrado brasileiro. Estas são apenas algumas atribuições do Instituto Brasília Ambiental, que completa hoje 14 anos de história e tradição.

Vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, a autarquia distrital é responsável pela gestão de nada menos do que 82 unidades de conservação e executa, com dedicação e rigor, as várias políticas públicas de meio ambiente no Distrito Federal. São inúmeras as ações do Instituto, incluindo aquelas de educação ambiental, que incentiva a participação ativa da comunidade na manutenção e preservação das áreas de proteção ambiental.

Contratação de brigadistas florestais, aquisição de modernos equipamentos de monitoramento de incêndios, além de recuperação de áreas degradadas são demonstrações de dedicação e compromisso de seus servidores e direção, o que vem tornando o Instituto Brasília Ambiental uma referência de autarquia em nível nacional.

O administrador regional do Lago Sul, Rubens Santoro, parabeniza a direção e os servidores do Instituto Brasília Ambiental, e agradece a todos pelo incansável trabalho de gestão, conservação e manutenção dos parques ecológicos e áreas de preservação ambiental do Lago Sul, que são provas inconteste da eficiência desta relevante autarquia do meio ambiente no Distrito Federal.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!