Placas da área central de Brasília são reformadas

Brasília, quinta-feira, 22 abril, 2021

Placas da área central de Brasília são reformadas

O DER é responsável pela confecção e manutenção das sinalizações rodoviárias, de endereçamento e turismo de todo o Distrito Federal desde 2017 | Foto: Divulgação DER-DF

Com: O DER é responsável pela confecção e manutenção das sinalizações rodoviárias, de endereçamento e turismo de todo o Distrito Federal desde 2017 | Foto: Divulgação DER-DF
Fonte: AGÊNCIA BRASÍLIA
Edição: CAROLINA JARDON
Atualizado em: 22 abril, 2021

A lavagem e pintura de 446 sinalizações de endereços foram feitas no Eixo Monumental, Rodoviário e nos Eixos W e L

A área central de Brasília recebeu manutenção em 446 placas de endereçamento. Todo o serviço foi executado pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF). A lavagem e pintura foram feitas no Eixo Monumental, no Eixo Rodoviário e nos Eixos W e L por 10 servidores e colaboradores.

Durante os trabalhos foi constatada a necessidade da substituição de 19 placas que estavam danificadas e com as informações ilegíveis. As novas peças foram produzidas na fábrica de placas do órgão, localizada no Parque Rodoviário do DER, em Sobradinho. Dez servidores cortaram, soldaram, pintaram, fizeram a plotagem e colocaram as películas com as informações dos endereços.

O superintendente de Operações, Murilo de Melo Santos, esclarece que “as vias escolhidas para essa etapa são eixos por onde passam milhares de pessoas em veículos e que se caracterizam também por ser o meio de acesso às quadras residenciais, comerciais e turísticas da cidade, além de direcionar para as principais instituições públicas Federais e do Distrito Federal”.

São investidos cerca de R$ 52 mil reais mensais para sinalizar a cidade com novas peças e de R$ 600 a R$ 700 para recuperar cada uma danificada

Nos próximos dias as placas da 308 Sul receberão, também, a mesma manutenção. O DER é responsável pela confecção e manutenção das sinalizações rodoviárias, de endereçamento e turismo de todo o Distrito Federal desde 2017. O órgão investe na preservação do patrimônio público.

Em média, anualmente, 4.600 novas placas são fabricadas, outras duzentas são restauradas por terem sido acidentadas ou por terem sofrido avarias, 320 passam por reformas por conta de vandalismo (pichação ou amassadas) e 80 são refeitas pela idade avançada.

São investidos cerca de R$ 52 mil reais mensais para sinalizar a cidade com novas peças e de R$ 600 a R$ 700 para recuperar cada uma danificada.

A reforma de placas instaladas em regiões administrativas do Distrito Federal é um trabalho rotineiro do órgão, realizado mediante o recebimento de demandas das Administrações Regionais ou órgãos públicos.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!