Plataformas digitais facilitam o acesso aos serviços públicos sem precisar sair de casa

Brasília, terça-feira, 25 maio, 2021

Plataformas digitais facilitam o acesso aos serviços públicos sem precisar sair de casa

Aumentam os acessos aos serviços públicos do GDF oferecidos em plataformas digitais. Crédito: Divulgação.


Atualizado em: 26 maio, 2021

Quer informações sobre débitos de IPTU, segunda via de contas de luz ou água, ou mesmo requerer algum documento público, segunda via do IPVA, emitir boletos de pagamento ou mesmo registrar um boletim de ocorrência policial. Para ampliar o acesso do cidadão aos serviços públicos, o Governo do Distrito Federal não mede esforços e, a cada dia, lança inovações em suas plataformas digitais, procurando torná-las ferramentas acessíveis e que não demandam maiores conhecimentos de informática.

A transparência e acessibilidade são compromissos do Governo, que procura facilitar a vida das pessoas, principalmente neste momento de pandemia em que evitar ao máximo aglomerações é também uma medida essencial para salvar vidas. O GDF disponibiliza serviços públicos on line, com acesso aberto 24 horas por dia, bastando para isso instalar no celular, tablet ou computador, o aplicativo e-GDF, que reúne uma série de serviços oferecidos por diversos órgãos públicos e está disponível no Google Play e na App Store.

Também está disponível em site o Sistema de Ouvidoria do Distrito Federal para qualquer tipo de manifestação e acompanhamento das demandas apresentadas. A CEB, Caesb, Terracap, Detran-DF e as delegacias de Polícia Civil, entre outras empresas e órgãos distritais, possuem aplicativos que facilitam o acesso a documentos ou informações. Todos eles autoexplicativos e com sistemas de comunicação direta, em casos de dúvidas.

Com as restrições impostas pela pandemia, estes serviços estão sendo mais acessados e o GDF vem aprimorando cada vez mais estas ferramentas, que vão se tornando usuais e necessárias, além de ágeis e fáceis de acessar.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!