Trading facilita importação e exportação de pequenas e médias empresas brasileiras nos Emirados Árabes Unidos

Brasília, sexta-feira, 17 dezembro, 2021

Trading facilita importação e exportação de pequenas e médias empresas brasileiras nos Emirados Árabes Unidos

Pantanal Trading inaugurou depósito de 15 mil m² em Dubai. Crédito: Pantanal Trading.


Atualizado em: 17 dezembro, 2021

Trading facilita importação e exportação de pequenas e médias empresas brasileiras nos Emirados Árabes Unidos

O Brasil é o principal parceiro comercial dos Emirados Árabes Unidos na América Latina. O país árabe é o 29º em corrente de comércio com Brasil e o segundo no Oriente Médio, atrás apenas da Arábia Saudita, com US$ 2,1 bilhões em fluxo de mercadorias (no acumulado de janeiro a setembro de 2021). Além de ser um país rico e em desenvolvimento, os Emirados Árabes Unidos são, atualmente, um dos países árabes com maior abertura para o mundo ocidental.

De olho neste mercado promissor, a Pantanal Trading se especializou em pequenas e médias empresas brasileiras para facilitar a exportação e importação com os Emirados Árabes Unidos. Com sede em Dubai e filial em Ras al-Khaimah, a empresa possui múltiplas licenças, além de exportar e importar, está apta a distribuir e revender mercadorias nacionais no Oriente Médio.

“Os Emirados Árabes Unidos são o hub mais promissor para o Oriente Médio. Isso representa avanço nas exportações dos produtos brasileiros, dessa forma a Pantanal está diretamente ligada ao desenvolvimento do Brasil”, afirma Alan Oliveira, um dos proprietários da Pantanal Trading, que esteve nos Emirados Árabes entre os dias 9 e 27 de novembro verificando o andamento das obras de três depósitos de estocagem. Também estiveram presentes na viagem Gabriela Pache, sócia da empresa; Luciano Didier, diretor de desenvolvimento de negócios internacionais e Urandir Fernandes de Oliveira, presidente do Ecossistema Dakila.

Recentemente, a empresa inaugurou um depósito de estocagem de produtos de 15 mil metros quadrados em Dubai. Este depósito foi desenvolvido para receber todos os tipos de produtos, incluindo os perecíveis, como frutas e proteínas animais. Outros dois, do mesmo tamanho, estão em fase de conclusão das obras em Ras al-Khaimah, um emirado próximo. Eles serão destinados para a comercialização, distribuição e empacotamento de bebidas alcoólicas brasileiras.

A Pantanal Trading também possui licença para exportar, importar, distribuir e revender vinho brasileiro nos Emirados Árabes.

“Atualmente, nós estamos com seis empresas exportando para os Emirados Árabes através da Pantanal Trading, além de oito produtos próprios em exportação. Também já estamos importando dois produtos dos Emirados Árabes para o Brasil, fazendo o trabalho de mercador”, revela Alan, apontando que o objetivo da empresa é atingir 100 empresas em 2022.

Além de oferecer toda logística de importação e exportação, armazenamento e comercialização, em breve, a trading vai realizar o carregamento e transporte aéreo dos produtos. “Vamos executar o processo completo de escoação dos produtos, de ponta a ponta”, explica Luciano Didier, diretor de desenvolvimento de negócios internacionais da Pantanal Trading.

Segundo ele, os Emirados Árabes têm muito em comum com o mercado brasileiro, assim como interesses mútuos de expansão e inovação. “Os Emirados Árabes possuem aproximadamente 11 milhões de habitantes, destes quase 90% são estrangeiros com hábitos similares aos dos brasileiros”, esclarece Didier.

Durante a viagem, a equipe da Pantanal Trading se deslocou para Bahrein, onde, a convite da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (CCAB), participou do Brazil Investment Forum, juntamente com outras 29 empresas. O evento, que ocorreu no dia 16 de novembro, contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, e sua comitiva.

Premiações

Neste mês, a Pantanal Trading foi premiada pela Câmara de Comércio Árabe-Brasileira, durante o Global Halal Brazil – Business Forum, por fomentar o mercado árabe-brasileiro. “Esse reconhecimento nos traz autoridade sobre o mercado e representa que estamos no caminho certo, com cada vez mais ter maturidade comercial”, comenta Alan Oliveira.

Em outubro, a empresa também recebeu da CCAB, honraria em reconhecimento a inovação e contribuição que o empreendimento está levando aos Emirados Árabes Unidos. A entrega da placa foi realizada durante o primeiro Brasil – EAU: Fórum de Sustentabilidade Econômica na Região Amazônica.

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!