Um novo visual com a reforma das quadras 507 e 508 Sul

Brasília, segunda-feira, 14 junho, 2021

Um novo visual com a reforma das quadras 507 e 508 Sul

Na CRS 508, onde fica o Centro Cultural Renato Russo, o avanço das obras é grande. O piso modelo Fulget, similar à granitina, foi instalado em frente às lojas | Fotos: Tony Oliveira/Agência Brasília

Fonte: AGÊNCIA BRASÍLIA
Por: RAFAEL SECUNHO
Atualizado em: 15 junho, 2021

Serviços atingem 60% de execução nesta semana. Em outras nove quadras, obras avançam para dar mais infraestrutura à Avenida W3 Sul

Quem caminha pelas quadras 507 e 508, na W3 Sul, já percebe um novo visual. As obras, com novos estacionamentos e calçadas, devem ser as próximas a serem concluídas ao longo da Avenida W3 Sul. Nesta semana, os serviços por lá atingiram 60% de execução. O Governo do Distrito Federal (GDF) investe R$ 2,537 milhões no trecho.

A proposta é reformar toda a icônica avenida, que já foi o ponto comercial mais disputado de Brasília. O custo total da reformulação de toda a região é de quase R$ 15 milhões, sendo que quatro quadras (509, 510, 511 e 512 Sul) já foram inauguradas no ano passado. Cerca de 800 empregos foram gerados em toda a empreitada.

“A revitalização da W3 Sul é parte fundamental do processo de recuperação do Plano Piloto que estamos fazendo”
Luciano Carvalho, secretário de Obras

Na CRS 508, onde está localizado o Centro Cultural Renato Russo, o avanço das obras é grande. O piso modelo Fulget, similar à granitina, foi todo instalado em frente às lojas. O beco foi recuperado e um dos estacionamentos no fundo do comércio, na via W2, está novo e funcionando normalmente. Já a 507 teve o canteiro central concluído e o estacionamento de piso intertravado está na fase final.

Proprietário de uma loja de refrigeração, o empresário Bruno Coimbra, 37 anos, aposta em um novo momento do comércio com o fim das obras. “Está melhorando muito. O piso em frente às lojas era horrível e agora tenho certeza que vai aumentar a circulação de pessoas”, aponta. “Falta concluir o estacionamento para o cliente parar o carro e vir até os estabelecimentos com mais tempo e tranquilidade”, diz Coimbra.

Antônio Lúcio, 50 anos, é gerente de um empório com acesso pela W2 Sul. Para ele, as calçadas mais largas e acessíveis são o ponto mais positivo da reforma. “Eram estreitas demais, ruins para caminhar. E elas dão acesso às nossas lojas”, explica. “Parece que vão praticamente dobrar de tamanho”, revela, acertadamente. De acordo com a Secretaria de Obras, elas passaram de cerca de 1m de largura para 2,20m nas duas comerciais.

Outras nove quadras em obras

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) é a responsável pelo projeto de melhoria da avenida, atendendo a demanda de um perfil amplo de usuários do setor, desde pedestres a condutores de automóveis. A Secretaria de Obras, por meio de empresas terceirizadas, executa os serviços.


Beco da Avenida W3 Sul, na quadra 508, passou por obras de revitalização

Beco da Avenida W3 Sul, na quadra 508, passou por obras de revitalização
“A revitalização da W3 Sul é parte fundamental do processo de recuperação do Plano Piloto que estamos fazendo”, observa o secretário de Obras, Luciano Carvalho. “O objetivo é retomar o comércio na região e reviver os tempos áureos dessa importante via. Em dezembro deste ano, se Deus quiser, teremos uma W3 pronta e mais moderna”, afirma.

Além da 507/508 Sul, outras nove quadras (502, 503, 504, 505, 506, 513, 514, 515 e 516 Sul) também estão sendo totalmente reformadas . As obras são agrupadas em quatro lotes. A 502/503, por exemplo, já atingiu cerca de 45% de execução, segundo acompanhamento da Secretaria de Obras.

Os serviços em toda a via incluem a reforma dos estacionamentos, drenagem, nivelamento das calçadas com piso tátil e rampas, arborização e paisagismo, reforma dos becos entre os blocos, pintura e sinalização.

“Nova experiência na W3”

As melhorias estão sendo executadas com recursos da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap). Na avaliação do presidente da empresa, Izidio Santos Junior, a nova W3 terá mais atrativos para o brasiliense. “A proposta é que a experiência prazerosa de lazer, convivência e consumo atraia maior fluxo de pessoas às lojas, gerando emprego e renda para a cidade”, destaca.

Estágio das obras:

507 Sul

Concluído:
– Canteiro central entre as pistas da avenida;
– Estacionamento e calçadas em frente aos blocos da SQS 307 (80% de conclusão)*;

Falta:
– Piso em frente ao comércio da W3 Sul;
– Vagas e calçadas nos fundos do comércio (W2 Sul);
– Becos da quadra;

508 Sul

Concluído:
– Piso em frente ao comércio da W3 Sul;
– Canteiro central entre as pistas da avenida;
– Estacionamento e calçadas em frente aos blocos da SQS 308;
– Beco da quadra;

Falta:
– Estacionamento da via W3 Sul;
– Vagas e calçadas nos fundos do comércio (W2 Sul).

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!