As facilidades do PIX podem colaborar com diminuição de fraudes na Black Friday

Brasília, quinta-feira, 25 novembro, 2021

As facilidades do PIX podem colaborar com diminuição de fraudes na Black Friday

Créditos: Divulgação.


Atualizado em: 27 novembro, 2021

A expectativa das empresas de soluções de antifraude é que este ano possa haver um aumento de 52% nas fraudes em relação ao ano passado. Mas com as atuais medidas do Banco Central, pagar as compras via PIX na Black Friday é mais seguro que usar cartão de crédito

A Black Friday é uma das datas mais importantes do ano para o comércio eletrônico e muito esperada pelos consumidores se aproximando, que aguardam ansiosamente pelas promoções. Mas neste período de grandes descontos também surgem diversos oportunistas cometendo fraudes no e-commerce. Por isso é necessário atenção redobrada dos varejistas para oferecer um ambiente seguro aos clientes e consumidores que precisam ficar alertas à questão de segurança no momento de realizar uma compra on-line.

Segundo Orli Machado, CEO da C&M Software, fornecedora de solução do Pix e Antifraude para o Pix homologado pelo BACEN, este ano está sendo um pouco diferente, pois temos uma nova modalidade de pagamento, o Pix. Suas facilidades atraem cada vez mais usuários, mas é preciso ficar atento porque há uma grande possibilidade de um aumento expressivo de fraudes. “Pensando em segurança, o BACEN implementou novas resoluções que chegam junto com a Black Friday para garantir mais segurança aos compradores e vendedores neste período de compras”, destaca o CEO.

O executivo destaca que os mecanismos do Bloqueio Cautelar e devolução de valores em casos de fraudes, criados pelo Banco Central, são alternativas importantes que andam juntas no sentido de aumentar a segurança do meio de pagamento.

Vale ressaltar que o bloqueio cautelar permitirá que no ato do crédito na conta, o banco efetue um bloqueio preventivo dos valores por até 72 horas. A opção vai possibilitar que a instituição realize uma análise mais robusta de eventuais fraudes, aumentando a probabilidade de recuperação dos recursos pelos usuários pagadores que sejam vítimas de algum crime e garantindo a liquidez financeira na operação.

Já na devolução de valores, o mecanismo poderá ser ativado nos casos de suspeita de fraude, sejam elas identificadas pelos próprios bancos envolvidos ou quando o usuário faz um Pix, mas logo em seguida se dá conta de que foi vítima de um golpe. Nesse caso, é preciso registrar um boletim de ocorrência e avisar imediatamente a instituição pelo canal de atendimento oficial, como SAC ou Ouvidoria.

Orli Machado salienta ainda, que o Pix é uma plataforma de liquidação infinitamente mais segura que os cartões de crédito, que já acumulam centenas de variações de golpes, e que os problemas encontrados com o Pix está muito mais ligado ao período de adoção inicial e aculturamento dos seus usuários do que propriamente a um problema de segurança intrínseco ao meio de pagamento, o executivo lembra que apesar da antiguidade do Boleto, ele também não teve seus problemas de fraude eliminados, é preciso uso, histórico e hábito para se construir um sistema digital de pagamentos seguro.

Para o executivo é importante lembrar que existem várias outras modalidades de fraudes e os consumidores precisam pesquisar se é uma empresa idônea, se está entrando em um site seguro e conferir todos os detalhes e informações. Mas principalmente, cuidado com e-mails ‘iscas’ com promoções e descontos absurdos, pois pode ser um phishing, golpe no qual os fraudadores simulam sites de compras e enviam ofertas imperdíveis que visam roubar dados pessoais ou financeiros dos consumidores.

Para finalizar, Machado comenta que a confiança e segurança no e-commerce são fundamentais, então vale a pena conferir se não está sendo direcionado a dados falsos de transferência via Pix e aproveite esta Black Friday com cautela.

Sobre a C&M Software

A C&M Software empresa de tecnologia e desenvolvimento de soluções para mercado financeiro, sendo a primeira empresa não financeira a estar presente na rede do sistema financeiro nacional, se destacando hoje como uma das maiores fornecedoras de solução para Pix no mercado nacional.

Com três Centros de Tecnologia, sendo dois em Alphaville e um nos EUA, a C&M Software presta serviço de tecnologia, no desenvolvimento de software para bancos, cooperativas, fintechs, corretora de valores e câmbio, e demais instituições financeiras, entregando para o mercado soluções que proporcionam autonomia, redução de custo e a rápida entrada nos ecossistemas do BACEN.

Site: www.cmsw.com.br
Linkedin: http://linkedin.com/company/cm-software

Instagram: @cmsoftware

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!