Novembro azul: aplicativo facilita tratamento de pets

Brasília, quarta-feira, 24 novembro, 2021

Novembro azul: aplicativo facilita tratamento de pets

Foto: Ação Buddy. Crédito: Divulgação.


Atualizado em: 27 novembro, 2021

No mês de prevenção do câncer de próstata, a atenção médica aos animais domésticos, também sujeitos à doença, conta com tecnologia de ponta.

Apesar de pouco difundidas, há estatísticas relevantes sobre câncer de próstata em animais de estimação. Estima-se que 4% dos cães, no Brasil, sofram com a enfermidade, por exemplo. Mesmo não tão altos, os números merecem atenção.

Durante o tradicional Novembro Azul, as campanhas são, normalmente, direcionadas apenas a humanos. Entretanto, cientes de que os pets merecem igual ou maior atenção por serem dependentes de seus cuidadores, cientistas veterinários dedicam-se ao tema cada vez mais. A novidade entre as diversas tecnologias disponíveis para prevenção e tratamento da doença nos bichos é um aplicativo. O buddypetts viabiliza a contratação de serviços veterinários, a realização de exames e a compra de produtos específicos para os tratamentos, entre outras vantagens.

A médica veterinária Mariana Rodrigues, da Clínica Veterinária Big Dog, uma das parceiras credenciadas na rede do aplicativo, explica: “o câncer de próstata é mais comum em cães. O diagnóstico precoce é fundamental para evitar o avanço da doença. Isso pode ser feito por meio de exames de sangue, urina, raio-x, biópsia e ultrassom. O tratamento recomendado é a castração. Há evolução favorável de cura em 70% dos animais, em até 90 dias após o procedimento, com diminuição significativa no tamanho da próstata”.

Com o app é possível realizar agendamentos online, obter atendimentos personalizados e contribuir para a solidariedade animal, uma vez que parte das vendas é revertida para abrigos de proteção aos animais. Por meio dos serviços disponíveis, é possível escolher datas, horários e profissionais para os atendimentos. Além de consultas médicas, também pode-se marcar banhos, tosas, passeios e realizar compras. Tudo isso, do conforto e da segurança de casa — uma enorme vantagem em tempos de isolamento social.

Gabriel Muylaert, um dos sócios do empreendimento, revela detalhes sobre o buddypetts: “com nosso aplicativo, por meio da rede de parceiros, clientes podem solicitar exames de imagem, médicos veterinários especializados, serviços de castração e de histerectomia. Também oferecemos combo de vacinas e pacotes de hospedagem. O aplicativo disponibiliza, ainda, diversas opções de veterinários cadastrados para consultas em domicílio. E vale lembrar que temos promoções vigentes de serviço de banho em domicílio, rações e brinquedos. O Novembro Azul inteiro conta com promoções”.

Trata-se de um serviço cujo funcionamento técnico é similar ao de outros bastante populares, disponíveis para celulares e tablets, como Ifood ou Rappi. O mecanismo é o mesmo: o cliente acessa o app, navega por seu menu, busca o que necessita, seleciona o serviço, ingressa no carrinho e efetua o pagamento. A diferença é que todas as ofertas são direcionadas às necessidades dos pets.

Assim, ao difundir seu serviço, a buddypets aproveita o Novembro Azul para conscientizar tutores sobre a necessidade de prevenção do câncer de próstata em seus bichos. Como trata-se de uma doença sem sinais muito evidentes, demanda uma atenção especial, principalmente nos animais com idade superior aos seis anos. A partir dessa fase, é mais comum a ocorrência de desequilíbrio hormonal, o que pode levar ao surgimento dos tumores.

Diante disso, o mais recomendado por veterinários é a prevenção por meio de exames semelhantes aos praticados em seres humanos. Fatores genéticos, raça e idade são os principais elementos considerados na equação de risco. Ter, portanto, ao alcance da mão, por meio do celular, a possibilidade de cuidar da saúde do animal é uma vantagem enorme e um grande facilitador de prevenção e controle.

Serviço: buddypetts — o app do seu pet!
Instagram: @buddypetts
Site: https://buddy.net.br

TALVEZ VOCÊ TAMBÉM SE INTERESSE POR:


0

Comente esta notícia!